Mito ou verdade: produtos para cabelo podem encostar na raiz?

Mito ou verdade: produtos para cabelo podem encostar na raiz?

Por Redação DermaDream

Tanto medo em torno do assunto tem fundamento: produtos muito oleosos, quando em contato com o couro cabeludo, correm o risco de entupir os poros e obstruir a saída dos fios, o que pode resultar em caspa, queda de cabelo e aumento da oleosidade. Mas isso não quer dizer que você deve temer e evitar todos os produtos. Os que promovem a limpeza, esfoliação, fortificação e até alguns de styling devem, sim, chegar até a raiz. É o caso dos pré-xampus, ampolas e até algumas máscaras. Veja quais você pode usar e os cuidados que você deve tomar:

1- Máscara de hidratação

Sinal verde: a regra geral é usá-la com mais frequência nas pontas, das orelhas para baixo, mas em algumas situações pode chegar à raiz para nutrir o couro cabeludo. É o caso de quem aplica muitos produtos finalizadores ou de styling e usa xampu de limpeza uma vez por mês. Esses produtos são mais agressivos e retiram os resíduos, a oleosidade e os nutrientes também. Então, é importante passar a máscara hidratante em seguida, caso contrário o couro cabeludo entende como uma agressão e começa a produzir mais sebo.

Cuidado: toda atenção é pouca! Certifique-se de que os produtos sejam livres de silicones e manteigas, que são muito pesados e podem deixar a área oleosa.

2- Ampolas

Sinal verde: as ampolas são específicas para certos tipos de tratamentos e alguns deles começam desde a raiz. É o caso das fortificantes, que contém vitaminas e aminoácidos e devem ficar em contato com o couro cabeludo para que haja a absorção desses nutrientes.

Cuidado: fique de olho na consistência da sua ampola. Algumas têm fórmula oleosa e não são indicadas para fios normais a oleosos.

3- Xampu seco

Sinal verde: Ele funciona como um talco que suga a oleosidade dos fios, inclusive da raiz, e devolve o aspecto e a sensação de limpo. Alguns cabeleireiros usam até como finalizador –  ele dá um aspecto mate ao penteado.

Cuidado: Embora não cause irritação, ele deve ser usado somente em ocasiões especiais, pois também deixa resíduos que podem acumular e fazer mal à saúde dos fios. Para não correr riscos, lave o cabelo assim que possível e evite usá-lo todos os dias.

4- Protetor solar para cabelo

Sinal verde: pode parecer estranho, mas ele pode (e deve) entrar em contato com o couro cabeludo, pois a função dele é proteger contra os danos do raio solar. Use sem medo.

Cuidado: o truque para quem tem fios finos ou oleosos, que podem ficar pesados, é optar por produtos líquidos em spray. Borrife a uma distância de 20 centímetros da cabeça, para espalhar de forma homogênea, e depois de entrar na piscina ou no mar reaplique o produto.

Compartilhe esta notícia

Posts relacionados

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: